Marcella e Ualisson

Homens / Mulheres

– Me contem quem vocês são, como se conheceram…
– Eu gosto mais de falar, ele não fala muito.
– …
– A gente tá junto fazem 4 anos, nos conhecemos na escola ainda.
Começamos a namorar lá e nunca mais nos separamos, hoje a gente tem uma filha, a Emily ela é completamente apegada a ele.

“Ele queria muito ser jogador de futebol. Uma vez a gente mesmo sem dinheiro foi pra Caxias e pra Santa Catarina pra fazermos testes. Em Caxias a gente ficou num quarto de 6m quadrados num fundo de um quintal. Ele jogou muito, todo mundo elogiou, mas mesmo assim não foi chamado. Em Santa Catarina também, a gente foi e choveu por 3 dias, cancelaram os testes e tivemos que voltar”

“No começo a gente foi morar juntos no andar de cima da casa de um amigo transexual, era ótimo mas a gente brigava muito. Então o irmão dele foi morto e a mãe dele ficou sozinha, fomos morar com ela. Deu certo por um tempo mas acabamos saindo de lá e indo morar com a minha mãe. A minha relação com ela é bem complicada. A gente se ama e briga duma hora pra outra. Ela é muito orgulhosa e eu acho que herdei isso dela”.

“Logo que a Emilly nasceu a gente brigou bastante, se questionou se queria ficar junto mas aos poucos a gente foi se entendendo e se aceitando, quase sempre sou eu quem explode, porque ele não fala”.

– Qual a maior dificuldade de vocês?
– Saber esperar.